A felicidade na forma de um quarto: o ambiente ideal para dormir

A felicidade depende de algumas coisas muito simples, e, no entanto, muito sérias: estar saudável, ser amado, gozar de liberdade, e ter algum dinheiro também. Estes são os “básicos”. E depois há todas as coisas que dão brilho e sentido à vida: boa comida, bons amigos, abraços apertados, momentos inspirados, surpresas fantásticas e – convém não esquecer – um sono descansado.

Se é certo que estamos todos bastante conscientes dos benefícios de uma boa noite de sono para a nossa saúde, equilíbrio e bem-estar, as condições ideais para um bom descanso são ainda um mistério para muitos.

Por isso, antes de descobrir os benefícios de saltar para a cama e desfrutar de um sono profundo e sem interrupções, assegure-se que à sua volta está tudo sob controle, da temperatura à luz, do colchão aos sons ambientes e aromas.

Bons sonhos

Sabemos que aquilo que fazemos mesmo antes de nos deitarmos influencia diretamente a qualidade do nosso sono. Mas preparar corpo e mente para adormecer com facilidade, com um banho quente, um chá de camomila, ou alguns minutos de meditação pode não ser suficiente. Isto porque, indicam os estudos, quando se trata de conseguir uma noite descansada o quarto onde dormimos é muito mais importante do que pode parecer à primeira vista.

O segredo para dormir melhor envolve múltiplos fatores. Na verdade, e contrariamente às aparências, o sono é um estado bastante ativo, onde todos os sentidos intervêm, mesmo quando o corpo está super relaxado e o cérebro parece “desligado”. Mesmo quando dormimos, o lugar onde estamos tem imensa importância, e é preciso aceitá-lo! Com isto em mente, rodeie-se dos melhores estímulos possíveis. Ficam aqui alguns conselhos:

1. Refresque-se. Estudos demonstram que um ambiente fresco – por volta dos 19º graus – ajuda a dormir melhor. Isto acontece porque a temperatura corporal flutua durante o dia, e à noite, antes de dormir, desce mesmo algumas centésimas, continuando a diminuir até à manhã seguinte. Este é o ciclo natural do seu corpo e o ambiente onde se encontra deve acompanhar este ciclo. É óbvio que cada pessoa terá a sua temperatura ideal, por isso não seja demasiado estrito: qualquer temperatura entre os 15º e os 21º é apropriada. Não se esqueça de manter os pés aquecidos (se dorme sozinho, pode usar meias confortáveis ou um saco de água quente colocado no fundo da cama): os estudos dizem que pés frios podem manter os nossos olhos abertos e impedir-nos de dormir.

2. Desligue as luzes. Quanto mais escuro, melhor. A ciência explica que baixar as luzes ou desligá-las é o equivalente a enviar uma mensagem ao cérebro para que comece a produzir melatonina, a hormona indutora do sono e que é ativada à noite. Adormecer deveria ser um processo tranquilo, por isso comece por atenuar as luzes uma hora antes de ir para a cama. Escolha lâmpadas com pouca intensidade, prefira luz “quente” e se possível use um reóstato para ajustar gradualmente a luz. Não se esqueça de manter aparelhos aparentemente inocentes, como o despertador, a uma distância razoável. Um olhar rápido é o suficiente para o deixar desperto. Por isso, é preferível manter estes gadgets longe da vista (por exemplo, dentro da gaveta da mesinha de cabeceira). Claro que a maioria das pessoas já nem sequer usa despertadores, por isso pense em telemóveis, relógios digitais, computadores e televisões e desligue-os completamente ou mantenha-os fora do quarto. Longe da vista, longe do coração! Está provado que a chamada “luz azul” destes aparelhos é o inimigo número um da melatonina. Não é preciso lembrar que as notificações são igualmente nocivas. Por isso mantenha-se afastado dos seus amigos digitais por umas horas.

3. Escute o silêncio. Já ouviu falar de “ruído branco”? Bem, se quer dormir melhor deve manter os ouvidos bem abertos. É isso mesmo, ouviu bem. O ruído branco é um tipo de som que isola acusticamente a pessoa que dorme, protegendo-a dos sons externos. Ao contrário do som emitido pela televisão, que está constantemente a mudar, mesmo se estiver baixinho, o ruído branco cria um som ambiente constante que “mascara” os outros sons que podem perturbar o sono. É por isso que uma ventoinha, movendo-se regularmente ao mesmo ritmo, pode criar um som que é música para os seus ouvidos. Existem máquinas de som que produzem este tipo de sons, perfeitos para relaxar.

4. Durma em lençóis frescos. Haverá algo melhor que entrar numa cama feita de lavado? Especialmente se os lençóis tiverem o aroma da sua fragrância preferida. Estudos demonstram que uma cama feita de lavado com lençóis com um aroma agradável ajuda-nos a dormir melhor. Parece que o caminho para os bons sonhos começa na lavandaria, por isso crie uma atmosfera aromática que o envolva enquanto dorme, lavando lençóis, fronhas e colchas com o seu detergente preferido. Ah! E não se esqueça de fazer o mesmo com o pijama.

5. Liberte a Lavanda. Lavar os lençóis com a nossa fragrância preferida é ótimo, mas a cereja no topo do bolo para um sono sossegado é mesmo a lavanda. Esta bonita planta com um cheiro fabuloso é um calmante natural, ideal para relaxar mesmo antes de irmos dormir. Pôr um pequeno saquinho com lavanda debaixo da almofada, ou algumas gotas de óleo essencial de lavanda é maravilhoso para adormecer rapidamente. Outras plantas, como as orquídeas, as suculentas e as bromélias, são ótimas para purificar o ar à noite. A maioria das plantas começa a absorver oxigénio e a libertar dióxido de carbono mal o sol se põe, mas estas belezas botânicas fazem exatamente o contrário, por isso são plantas ótimas para purificar o ar enquanto dormimos.

6. Escolha o colchão certo. Este é de longe o fator mais importante para um sono confortável, descansado e reparador. Escolha um que seja suave e dê suporte: um colchão extra firme não é necessariamente a melhor opção, ao contrário do mito. Ah, e não esquecer uma ou duas almofadas!

7. Destralhe o seu quarto. Esta regra extremamente simples devia aplicar-se a toda a casa, mas é preciso começar por algum lado, por isso, porque não começar pelo sítio onde passamos mais tempo? O quarto, claro. Manter o quarto limpo, arrumado e livre de tralha é um excelente princípio para uma boa noite. Não é preciso aplicar as regras do Feng Shui a todo o espaço. Basta ter uma atitude simples e inteligente, escolhendo cores e materiais com que se identifique para criar uma atmosfera que seja tão confortável como esteticamente agradável. Menos é mais, sem dúvida. E isto inclui menos objetos aleatórios em cima da mesa de cabeceira, menos livros no chão, menos pilhas de roupa em cima da cadeira invisível (não tente convencer-se que é uma instalação de arte) e em geral, menos objetos sem sentido à nossa volta. Já agora, sabia que as pessoas que fazem a sua cama de manhã têm 19% maiores probabilidades de dormir melhor? Isso, e depois a culpa é da insónia…

Agora que criou o seu santuário do sono de certeza que mal pode esperar para meter-se na cama!