Porque é que ficamos com sono depois do almoço?

Novembro 22, 2021

Sempre se perguntou porque é que sentimos sono depois do almoço? Veio parar ao sítio certo!

Neste artigo vamos explicar-lhe este fenómeno, porque acontece, e como superar a sonolência de após a refeição.

Antes de mais…

Saiba que sentir sono depois do almoço é completamente normal! Inclusive mais de metade da população tem frequentemente vontade de fazer uma sesta nesta altura do dia.

Por isso, se está na sua secretária a tentar voltar ao trabalho depois de um almoço farto e só pensa no seu colchão, não se preocupe! Não está sozinho/a!

Então, porque é que isto acontece?

Existem várias explicações para que sinta sono depois do almoço, mas a mais comum está relacionada com a ingestão glicémica. Ou seja, quando almoçamos, principalmente depois de algumas horas sem comer, acontece um pico de glicemia no sangue.

Este pico de glicemia é seguido por uma baixa de glicemia. E é nesta altura que acontece a sonolência de depois de almoço.

Outras explicações mencionam o facto de que, quando estamos com fome, o nosso corpo manda-nos sinais para que fiquemos acordados (estado de alerta). Já depois do almoço, o nosso corpo não precisa de “combustível”, então os sinais são interrompidos, deixando-nos “moles” e sonolentos.

Por último, uma outra explicação relata o fluxo sanguíneo. Depois de almoço, durante a digestão de grandes quantidades de comida, há um aumento do fluxo sanguíneo na direção do estômago e do intestino. Ou seja, existe menos sangue (e, por conseguinte, oxigénio) no cérebro, o que faz com que o nosso organismo reaja e entre em estado de “hibernação”, fazendo-nos sentir sono.

Como superar?

Ora, a melhor forma de evitar este sono é a mais detestada por todos nós: diminuir as porções na hora de almoço.

Mas se não estiver disposto/a a cortar nas porções na tão amada refeição de meio do dia, existem outros truques que podem ajudá-lo a controlar o sono depois do almoço:

Beba mais água

A desidratação faz com que nos sintamos cansados, lentos e mal-humorados. E basta uma perda de 1,5% de água do corpo para que estes sinais sejam percetíveis. Por isso, mantenha-se hidratado!

Aposte nas proteínas

Alimentos ricos em proteína fornecem energia e evitam picos de açúcar no sangue. Aposte num prato rico em proteínas na hora do almoço!

Opte por um espaço fresco e arejado para almoçar

Já não deve ser novidade para si, mas ambientes quentes aumentam a fadiga e o sono. Opte por uma esplanada ou uma sala arejada para almoçar.

Por último, mas não menos importante: durma bem!

E claro que, para ajudar a prevenir e controlar o sono depois do almoço, é essencial que tenha boas noites de sono! Durma preferencialmente entre 7 a 9 horas por noite!

Mas, se as suas noites têm sido uma desgraça, está no sítio certo! Encontre os melhores produtos do sono no nosso website, e nunca mais acorde cansado/a!